Quanto devo cobrar pelos meus cursos online?

Quanto devo cobrar pelos meus cursos online?

Saiba como estabelecer o valor e o quanto cobrar pelos seus cursos online sem prejuízos e com uma boa receita.

Um dos maiores problemas que um criador de conteúdo para cursos pode ter que encarar é a questão “quanto cobrar pelos meus cursos online?”. Especialmente se você é iniciante no ramo e não sabe direito o que fazer com o conteúdo que tem disponível, é importante sempre saber qual é o verdadeiro preço justo para o que você está oferecendo, de forma que os seus clientes e você fiquem satisfeitos. Mas afinal, “quanto cobrar pelo meu curso online?”. É do que falaremos nos tópicos a seguir.

Quanto cobrar pelos meus cursos online?

1. Faça uma pesquisa de mercado

Olhe para seus concorrentes, quando eles cobram e o que oferecem? Não copie o que a concorrência faz, mas compare o que ela está oferecendo e cobrando com as suas expectativas. Crie um personagem que represente o possível comprador do seu curso, tente pensar como ele, o que ele faz, como ele se comunica, sua profissão, realidade de vida, relações pessoais e profissionais. Este personagem compraria seu curso, da forma como você o pensou? Se for possível fazer um teste e entrevistar alguém que esteja dentro do perfil semelhante a este personagem, apresente seu curso e verifique se ele o compraria, independente da resposta, tente descobrir o porque.

2. Quanto vale o curso?

O valor real do seu curso pode ser entendido como a quantidade de dinheiro que você, criador, acredite que ele valha. Talvez você nunca consiga atingir este “valor real” que você idealiza. Por isso, é importante sempre ater-se à realidade que permeia o mundo dos cursos online no qual o seu produto final está inserido. Mas, não precifique seu curso se baseando em quanto as pessoas podem pagar por ele, mas sim deduza o custo que você terá com ele e o quanto ele realmente vale, conforme comparações e pesquisa de mercado que você realizou.

3. Entenda a demanda

Para conseguir estipular quanto você deve cobrar pelo seu conteúdo online, é importante entender qual é a demanda para ele. E para conseguir entender a demanda, você precisa conhecer o seu público em potencial.

Em termos mais práticos, para finalmente responder à questão inicial de “quanto devo cobrar pelo meu curso online”, você deve criar testes objetivos para entender como se comportam os seus possíveis clientes. Estes testes você envia aos potenciais alunos do seu curso, de forma a observar o comportamento dos mesmos com relação ao seu curso e ao nicho em si. Em um conhecido teste chamado A x B, você pode, por exemplo, apresentar sua proposta de curso para uma pessoa (A) e estipular um valor X, e depois apresentar o mesmo curso para a pessoa (B) e oferecer pelo dobro do valor. Conforme a reposta e a reação de cada pessoa, você poderá verificar se suas estimativas de precificação estão próximas ou distantes da realidade do seu público alvo.

4. Vantagem do curso on-line sobre o curso presencial

Por não necessitar de uma estrutura física de ensino, os cursos online costumam serem mais baratos que os presenciais. Um dos motivos é que o custo das aulas, que necessitam ser gravadas pelos professores apenas uma vez, e o professor pode apresentar a mesma aula diversas vezes.

baixe-ebook-cursos

Compartilhe esta postagem: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Postagens Relacionadas

Comentários