À milhões de anos, um homem decidiu sair da caverna, pensou fora da caixa, diríamos hoje; ali começou uma revolução interna e externa neste primata. Algo dentro dele era mais forte que a sua razão, ou talvez a sua razão fosse maior dentro de si que os próprios medos. O fato é que esta revolução eclodiu na evolução. Sua forma de pensar mudou, mas também a sua forma de agir e se comunicar. A curiosidade o impulsionou a querer conhecer e entender o desconhecido.

Tudo estava indo bem, até que um raio provocou o fogo, e o fogo passou a ser desejado pelo primata, o homem começou a querer ser o dono do fogo, dominar o fogo. Acreditem, ele só descansou quando aprendeu a fazer o fogo, e aí conheceu o poder.

Depois disso, muito aconteceu, vieram as guerras e muitas revoluções. E da necessidade, novamente o homem evoluiu. Principalmente a tecnologia e os medicamentos evoluíram para resolver problemas nas guerras.

1406224497770414

O próprio ócio, realidade de alguns, desejo de outros, dito criativo, é na verdade a origem de uma revolução; cuja negação virou negócio, em miúdos, captação de recurso financeiro e trabalho que geram produtos e serviços, que são comercializados para gerar lucro. O negócio é a própria negação do ócio, ou talvez seja apenas sua negação presente para um gozo futuro. Os negócios se tornaram metas para alguns homens evoluídos, ao mesmo tempo em que se tornou meta para os que querem evoluir com seus negócios.

Mas é sempre assim?

Não! Depende do sujeito que está neste estado inerte. Geralmente acontece assim, dentre muitos, existem uns poucos que ficam inquietos em seu âmago, possuem algo dentro de si que os impulsiona a pensar fora da caixa. A inércia é vencida e a evolução acontece. Novos negócios são então desbravados, e a ideia vira realidade, e a realidade da frutos, o lucro. O que se faz com o lucro? Para uns, alimentará o ócio do futuro, tão desejado. Para outros, converte-se em novos negócios.

Se você se identificou com esta tão familiar história da humanidade, e sente-se comprometido em oferecer algo a mais para a humanidade, revolucionar o seu negócio e evoluí-lo, a internet é o lugar fora da caverna, onde há muito a se explorar.

Há campo para todos desbravarem, os que ainda mantém um negócio apenas físico, podem possuir um site (página na internet) com endereço próprio na internet;  aos que querem voar mais alto,  podem explorar um e-commerce (loja virtual), como uma filial de suas lojas físicas, na internet.

E nós, nos sentimos como anjos da guarda para o seu negócio na internet, para evoluí-lo com você, com criatividade e honestidade.

E aí? vamos sair da caverna, revolucionar e evoluir?

botao_sim

Compartilhe esta postagem: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Postagens Relacionadas

Comments